domingo, 4 de janeiro de 2009

Desculpem o transtorno

É Natal em Gramado entre os dias 15 de novembro e 15 de janeiro. A cidade virou ponto turístico por causa do Natal Luz e da decoração natalina (feita em grande parte com sucata). O frio, a gastronomia e a paisagem atraem turistas que querem ser entretidos. Aqui, no Lago Joaquina Bier, sempre tem show de tenores com luzes e cores. Imagino que o público venha crescendo de ano a ano, porque as arquibancadas nunca invadiam a calçada ou a rua. Repare que ficou uma faixa e meia ali, a ser compartilhada por motorizados, ciclistas e pedestres que se movimentam nas duas direções. E viva o Natal que já passou e que faz erguer estruturas que não respeitam o cidadão!! O pior é que esse transtorno já é normal pros daqui. Não há nenhuma placa pedindo desculpas pelo transtorno, há refletores vermelho e brancos indicando o limite da arquibancada.

Os gramadenses vivem em más condições: cada entrada/saída da cidade é interceptada por um pedágio que cobra aproximadamente R$ 7,00 pra sair e depois pra entrar. Os preços nos restaurantes são feitos sob medida pro turista que vem de São Paulo, Rio ou Porto Alegre, e são mantidos ao longo do ano todo. A cidade é cheia de casas vazias, condomínios em construção e hotéis enormes. Enche de gente na época do Natal, e aí é um Deus-nos-acuda pra se movimentar na cidade.

Nenhum comentário: