sexta-feira, 20 de novembro de 2009

Madrasta

Shaoran é o mais novo morador da minha casa. Tenho mais um gato com nome de personagem de anime japonês.

Quando ele ronrona, parece um motorzinho. Quando brinca, até parece que come pilha. Quando recebe carinho na barriga, levanta os braços. Quando é enxotado, sempre volta ao local do crime. Quando mia, seu chamado ecoa nas paredes e faz a Akari ter espasmos.

Trouxe o Shaoran pra fazer companhia pra Akari. Ela passava alguns dias da semana sozinha em casa, ouvindo os gatos feios e malvados lá fora e no forro da casa. Fora isso, miava mais do que eu considerava normal. Achei que ela ficaria feliz com um amiguinho. Imaginei que ela vivenciaria uma maternidade postiça, já que não terá nunca filhotes.

Mas ela se sente ameaçada pelo machinho da casa. Não chega a atacá-lo, mas faz cara de cobra (como se diz 'fauchen' em português?). Ele a imita, o que a deixa mais irada ainda. No primeiro dia, quando sentia seu cheiro de bebê em mim, não me deixava tocar nela. Seguindo as instruções da Mônica, botei uma gota de baunilha no pescoço dele. Ela se interessou pelo cheiro, mas não conseguiu diminuir a distância entre eles. Agora já posso encostar na Akari, madrasta enciumada.


Fico impressionada como ela é grande e bonita e ele é miúdo e tem cara de ET.

5 comentários:

Mônica disse...

é muito lindooo!

Mônica disse...

Sabe, Lou. Esqueci de te avisar: nessa idade, eles estão aprendendo tudo, e como qualquer mamífero, eles aprendem por meio da imitação. Se vc reparar, ele deve te seguir para onde vc vai.

iglou disse...

Certeza, vivo tropeçando no pequeno Shaoran. Akari é a madrasta e eu sou a mamãe ganso.

Sim, ele se joga nas coisas, escala obstáculos respeitáveis, arranha e morde tudo.

Agora a Akari já cheira ele sem fazer escândalo, mas ele tomou medo dela.

Mônica disse...

é porque eles estabelecem a hierarquia assim, na base do medo. quando ele for maior, as coisas vão se equilibrar...

Juliana disse...

Oi Lou
Parabéns pelo novo companheiro!
Agora sua casa tem mais gato que gente hein!
Abraço