quinta-feira, 18 de outubro de 2007

Socorro

Liguei pro Hotel Fazenda de Socorro que constava no guia e engasguei ao ouvir o preço da diária. Perguntei se não tinha camping, e ele me passou o telefone do Centro de Aventura Rio do Peixe (lá vai: (19) 3855 7646). Trata-se de um restaurante, mas tem área de camping, duchas e banheiros, sombra e pontos de luz na área reservada pras barracas. Cobram 20 reais por pessoa por noite e dão café da manhã quase tipo café colonial. Da rodoviária de Socorro é preciso pegar um táxi. Não combinamos o preço da viagem antes, e pagamos 18 pila. Os locais e os espertos pagam 15 pela corrida. Esse preço é resultado de negociação, porque o taxi não tem taxímetro.
A última vez que dormi na minha barraca foi em dezembro de 2005, quando fui pra Barra do Una com a Livinha. Tava passando da hora de acampar!!!! Chegamos de noite e montamos a barraca debaixo de chuva fina. Finalmente chovia, mas só deu pra refrescar. Não foi a chuva que a lavoura tava precisando. Ainda bem pra quem tava montando barraca.
De noite fez um frio do caramba, e Jonas gripado sofreu um pouco. De manhã pudemos ver onde montamos a barraca. Da hora!
Eita vida tranqüila do interior!

Nenhum comentário: