sábado, 15 de março de 2008

Era uma vez - felizes para sempre

Tem gente que coleciona começos de romances. Achei a idéia tão sem pé nem cabeça, que me vi abrindo as primeiras páginas dos romances mais à mão na minha estante. Mais interessante que me restringir à primeira frase foi considerar também a(s) última(s). Em alguns romances, o ciclo se fecha:

"No dia em que o matariam, Santiago Nasar levantou-se às 5h30m da manhã para esperar o navio em que chegava o bispo."
...
"Depois entrou em sua casa pela porta dos fundos, que estava aberta desde as seis horas, e desabou de bruços na cozinha."
Crônica de uma morte anunciada, Gabriel García Márquez.
.
"Como pode o verme ser o herdeiro das maravilhas de um olho ou de um cérebro?"
...
"Nunca mais verei o sol ou as estrelas. Mas meu espírito dormirá em paz."
Frankenstein, Mary Shelley.
.
"- Nonada."
...
"Nonada. O Diabo não há! É o que eu digo, se for ... Existe é homem humano. Travessia."
Grande Sertão: Veredas, João Guimarães Rosa.
.
"Era inevitável: o cheiro das amêndoas amargas lhe lembrava sempre o destino dos amores contrariados."
...
"- E até quando acredita o senhor que podemos continuar neste ir e vir do caralho? - perguntou.
Flrentino Ariza tinha a resposta preparada havia cinqüenta e três anos, sete meses e onze dias com as respectivas noites.
- Toda a vida -disse."
O amor nos tempos do cólera, Gabriel García Márquez.
.
""E o senhor, como se chama?"
"Espere, está na ponta da língua.""
...
"Por que o sol se está fazendo negro?"
A misteriosa chama da rainha Loana, Umberto Eco.
.
"Sou um homem doente ... Um homem mau."
...
"Mas parece-nos que se pode fazer ponto final aqui mesmo."
Memórias do subsolo, Fiódor Dostoiévski

"Gregor Samsa acordou naquela manhã de sonhos agitados e viu-se na sua cama transfigurado num enorme inseto."
...
"Nesse instante, Grete, já no final da viagem, se levantou e espreguiçou o jovem corpo, como para confirmar os novos sonhos e projetos, que haviam de ser realizados."
A Metamorfose, Franz Kafka.

Nenhum comentário: