quarta-feira, 9 de janeiro de 2008

Ninho das Águias

Na volta da colônia italiana, subimos a serra pra Nova Petrópolis. Eu perdi a noção da profundidade. É muito bizarro você ouvir o motor do carro gritando, saber que está subindo a serra, mas ver uma descida. Não sei se é do cansaço ou das milhares de curvas. Quando vi a placa indicando um local de vôo livre, não tive dúvida.
A estrada de terra bastou pra me chacoalhar e acordar um pouco. Depois de 5km de subida nervosa, chegamos ao topo da montanha com as suas rampas de decolagem. Não tinha vento, mas muitas nuvens pesadas migrando, portanto não havia pilotos em atividade.
Oma abraçou um coqueiro que lhe recompensou, jogando um coquinho na cabeça dela.

Nenhum comentário: