quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

Apropriação

João ficou emprecionado quando percebeu que tinha sido polpado. Absolvido, ele se compromentia a fazer tudo direito, andar na linha em meio as diversidades. Sabia que não tinha altorização para deixar o estado, mais nem se preoculpou com isso. Estava apenas desconformado que seu saldoso companheiro não tivera a mesma sorte que ele. Nem teve a chance de agradecê-lo pela boa compania.

Todas as pérolas acima foram cuidadosamente coletadas das redações dos meus alunos.

2 comentários:

odir disse...

" a constituição não protege o direito de propriedade, pq os manos vêm e güentam tudo, quem protege é a PM que dá um pau nos manos e traz a propriedade de volta."
"a constituição não garante o direito de propriedade, a gente não tem nem moradia, quanto mais propriedades!"
trechos de provas de direito constitucional.

iglou disse...

Hehehe. Enquanto os meus alunos acham que se escreve assim como se fala, os teus acham que a constituição representa a realidade deles.