quinta-feira, 15 de setembro de 2011

GREVE

Primeira página do Diário da Amazônia. Os estudantes puxaram a greve, o sindicato dos professores apoiou e estamos todos pedindo condições de trabalho mais dignas.

Cursos como Artes e Arqueologia não têm sala, cursos como Engenharia e Artes não têm professor, cursos como Medicina, Biologia e Química não têm laboratório nem material. Na biblioteca, Letras e Linguística pararam de receber periódicos em 2008, a estante de Linguística contém principalmente gramáticas.

Faltam técnicos em geral e daí os professores acabam assumindo funções administrativas e burocráticas. Às vezes falta água, luz, internet. Os banheiros não têm papel higiênico nem lixo nem limpeza. Os extintores de incêndio estão vencidos. Ar condicionado quebrado é um problema recorrente.

Falta investimento e falta manutenção. Essa será uma greve branca: haverá atividades no campus, seja de discussão, seja de cultura. Já foi sugerido que o cineclube deLírio apresente e discuta filmes todo dia durante a greve. E vamo que vamo.

Nenhum comentário: