quarta-feira, 14 de setembro de 2011

Mustafá Duracell

Mustafá
Mustafá já tinha ido duas vezes ao veterinário. Na primeira vez, coloquei o gato na caixa de gato e a caixa na cesta de lavanderia pregada na garupa da minha bicicleta. Parecia uma sirene ligada. Na segunda vez, botei o gato na caixa de gato e a caixa no assento do carro emprestado. Parecia uma sirene dentro do carro. Como ele dava escândalo de qualquer jeito, hoje resolvi voltar a usar a bicicleta. Sirene na ida, reclamações modestas na volta.
Olho azul
Na primeira vez que ele subiu na balança, pesava 700g. Um mês depois, registrou 1,4kg. Um mês depois, 2,1kg. Ou seja: ele está crescendo num ritmo constante.
Calminho
Depois que eu voltei de viagem (aquela em que passei uma semana fora), Mustafá parecia outra pessoa. Carinhoso, sempre buscava contato, ronronava e esfregava o rosto em mim. Minha alegria não durou muito, porque ele logo voltou a monstrificar. Mordia e arranhava tudo. Até pensei em exorcizar o gato, porque parecia que ele tava com o demônio no corpo. Akari é quem mais sofre com toda essa energia acumulada. Voltei da petshop com um brinquedinho que faz barulho e tem a erva do gato (camomila, erva cidreira, erva doce). Fez efeito quase imediato: depois de brincar um montão com o bichinho de pelúcia, Mustafá veio no meu colo, se deixou fotografar, ronronou e aceitou carinho sem me morder.

2 comentários:

Mônica disse...

Já falei, Mustafá tem sangue de siamês (vide o formato da cabeça e os olhos azuis). Esse comportamento é bem típico dessa raça.

A Kyra, quando vai ao veterinário chega a ventilar de tanto miar. Um verdadeiro horror.

Catnip não é essa mistura de ervas que vc falou. É uma erva específica que funciona como uma maconha para o gato. Vicia também. É bom ser moderada na utilização.

Mas ele está lindo, e com a idade deve acalmar. Os dois primeiros anos são os mais difíceis, pois correm como loucos, mordem tudo o que se mexe (principalmente nossos calcanhares) e aqui vai um aviso: cuidado com objetos pequenos e cordas, linhas etc. Eles engolem! A Kyra teve de passar por uma endoscopia para retirar uma agulha que ela engoliu!

Agora, brigar com outros gatos... A Kyra briga com os outros até hoje. Espero que Mustafá mude esse comportamento.

iglou disse...

Hehehe.
O veterinário me disse que o que vendem como "erva do gato" era basicamente uma dessas ervas que a gente usa pra fazer chá e ficar calminho (ou a mistura delas).
O vendedor da petshop não disse qual erva tinha dentro do brinquedinho que me vendeu.
Viciando ou não, o brinquedo já sumiu pra debaixo de algum móvel. E o barulhinho era de tiros em desenho animado: irritante.

Eu tava preocupada que o comportamento monstro do Mustafá fosse resultado do meu comportamento brando com ele. Fui muito mais dura com o Shaoran.