quarta-feira, 27 de abril de 2011

O rio cheio

O rio se transforma

O rio carrega as nossas memórias
O rio arrasta quem não sabe navegar
O rio corre atropelando o caminho
O rio ruma para o longe
O rio leva e traz enquanto a gente espera

Nenhum comentário: