segunda-feira, 18 de abril de 2011

Jambo

O pé de jambo parece ter sido tratado por Edward, mãos de tesoura. É comicamente cônico, de tempos em tempos cobre o chão com um tapete cor de rosa e dá jambo, a maçã do Norte.
Com um cano, consigo escolher qual jambo tirar do pé. Um eu até consegui cutucar e pegar em queda livre, antes que se estourasse no chão.
A criançada bate palma e me pede pra colher jambo. Deve ser tradição no bairro: ir na casa da esquina e pedir jambo. Tem de monte.

2 comentários:

Priscila Marques disse...

menina como faço pra vc me mandar umas sementes de jambo se puder entre em contato comigo ok bjs!meu imail edileuzabenedito@hotmail.com grata!

iglou disse...

Querida, em Santa Maria, onde estou morando, não tem jambo - que eu saiba. Talvez Embrapa ou qualquer outro órgão similar possa te dar sementes.