segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

Propaganda sincera

Num cartaz (não lembro nem do conteúdo do texto, mas ia numa direção "revolução anárquica") vimos, impresso no canto inferior direito, em letras miúdas, um anúncio.
Vende-se sapato usado [reparou no singular, né?]
Poucos quilômetros, como novo (exceptuando a sola). [O acordo ortográfico ainda tem um longo caminho pela frente...] Consumos de apenas 5 bifes aos 100km. [Peculiar, como se mede investimentos e rendimentos em terras portuguesas] O sapato em causa é para servir no pé esquerdo n.° 42; [viu como não era um par?!] considera-se a venda do sapato direito, n.° 39, [mas bah?] com meias incluídas, [é isso que chamam de "amor ao próximo"?] também elas usadas, [demorou] se por boa contrapartida [não é amor ao próximo, ainda estamos no $istema]. Tudo em bom estado de cheiros. [ligue djá... y la garantía soy jo!]

Nenhum comentário: