terça-feira, 20 de novembro de 2007

Fauna na praia

Olga e eu decidimos assim, de última hora, passar o feriadão duplamente emendado na praia. Mais precisamente, no Guaraú, uma praia depois de Peruíbe. Apesar de sabermos da chuva que nos amolaria nestes dias, descemos a serra e fomos à casa dos Stein. Carinhosamente apelidamos a casa de Steinhaus.

Me encantei com os animais que vi na casa: formigas gigantes. Uma perereca que entrou pra dentro de casa assim que abri a porta. Saiu quando abri a janela.
Essa taturana muito doida, toda peluda, com cara de não sei que outro bicho e cheia de habilidades acrobáticas!
Acompanhei um caramujo saindo da sua casinha e depois se locomovendo em direção à porta aberta de casa.
Os vaga-lumes foram os animais que mais me encantaram. Como chovia muito, eles saíam de noite, entre 20:30 e 21:00, piscando pela paisagem, numa festa que dava gosto de ver. Um deles se perdeu em casa, e desisti de botar o veneno contra mosquito em respeito a ele, que piscava no teto da casa.
Siri - ou será um caranguejo? Este está morto e foi trazido pela maré na praia de Barra do Una.
Duas fotos feitas pela Paula. Paula era a moça que estava sentada no meio da canoa. Como eu estava ocupada em remar e consertar os desvios de percurso causados pelo nosso leme, o namorado da Paula, dei a máquina pra ela se divertir. Quem senta no meio não rema.
Pra fechar esta seção, um guaraú. Garça preta, em tupi.

Um comentário:

Bruna Bertagni disse...

Aquele é um Siri Azul, muito comum nos mangues do litoral Brasileiro.
A identificação é bem simples, os siris possuem mais uma "perna", que tem a forma de nadadeira na ponta e possuem a carapaça bem pontiaguda nas laterais.
Já os caranguejos não possuem essas patas e têm a carapaça, na maioria das vezes arredondada.
P.S.: O da foto abaixo do Siri Azul é um caranguejo, provavelmente um Sesarma fêmea (Sesarma rectum), pois tem as duas pinças no mesmo tamanho.
=)