quarta-feira, 5 de outubro de 2016

Agnes me dá superpoderes

Além de ser capaz de dormir menos horas que antes (na minha vida sem ela), aguento longos períodos sem ir ao banheiro ou tomar banho. O superpoder mais recente que ela me deu foi o da invisibilidade. Posso contar nos dedos as pessoas que repararam que cortei o cabelo quando me viram com ela. As pessoas que me viram sem ela perceberam. E as que perceberam que o meu visual atrás da Agnes tinha mudado foram elogiadas - constrangendo aqueles que não tinham reparado.

5 comentários:

Karin und Walter disse...

hahaha...und die Mama zählt natürlich wieder mal nicht! Ich habe es sofort gesehen, auch mit Agnes!!
Übrigens: du und Philip, ihr seid beide nicht gekrabbelt. Ihr habt euch nur auf dem Bauch robbend nach vorne bewegt, dann habt ihr euch mit der Zeit immer öfter an Möbelstücken hochgetastet,um zu stehen, oder auf den Po zu fallen.
Was ist mit den Fotos für das Plakat, die du mir schicken wolltest??!

Anônimo disse...

kkkkk, muito legal! realmente professora estes superpoderes não são concedidos. Sou pai e compartilho destes poderes.

Dionatan Braun, seu aluno na medicina UNIR em 2010.

iglou disse...

Caramba, Dionatan! Quanto tempo...
Parabéns pela paternidade. Muda a vida, não?

Érika Lima disse...

Estou aguardando os meus superpoderes, estou com 36 semanas de gestação. Sua filha é linda Lou, parabéns! (sua aluna e orientanda em 2011)

iglou disse...

Eita, vamos montar um clube!!!!
Parabéns, Érika, fico contente em saber notícias suas.
Que vocês tenham um bom parto e uma boa vida juntos.
Abraço