sexta-feira, 16 de agosto de 2013

Helgoland com dois navios

Luis queria ver e sentir o Mar do Norte. Então os meus pais pensaram num trajeto, descobriram caminhos, nos deram direções e me deram um celular na mão.
Fomos de trem a Bremerhaven, uma cidade predominantemente portuária, e lá pegamos um ônibus que nos transportou por 1,2 km até o navio que nos levaria a Helgoland, a ilha mais afastada no Mar do Norte.
Na ilha, tínhamos 3 horas para ver tudo e voltar para o navio (todo dia tem 2: um que vai, outro que volta). Fizemos a trilha das cabras para evitar o contato com os turistas.
Como a ilha tem uma posição estratégica (em termos militares), foi bastante castigada. Essa cratera deve ter sido uma das cicatrizes de disputas armadas.
A Lange Ana é o ponto turístico mais divulgado de Helgoland (mesmo sem ter pisado na ilha, minha mãe imediatamente reconheceu a formação geológica da foto). Os molhes que construíram devem proteger a Ana Comprida.
A praia é assim: cheia de pedras, algas e sem ondas.
Voltamos para a fila do bote que nos levaria ao nosso navio. Havia duas filas paralelas com dois navios saindo no mesmo horário, mas isso a gente só percebeu tarde demais. Com a ajuda de marinheiros, entramos no bote, seguimos até o navio e entramos no navio. Quando aportamos, não reconhecemos Bremerhaven.
Um taxista nos informou que estávamos em Büsum, a mais ou menos 200 km de Bremerhaven. O funcionário do navio nos disse que tínhamos que pegar o trem a Heide, depois Hamburg, depois Bremen - e não botou fé que chegaríamos em casa no mesmo dia. Nesse meio tempo, duas senhorinhas cheias de malas entraram no taxi. O homem do navio pediu ao taxista pra nos levar à estação, as senhorinhas concordaram em nos dar carona. Torciam pros faróis ficarem verdes, falavam dos horários (e atrasos) do trem e não nos deixaram pagar a corrida. Ainda pegamos o trem que estava parado na estação (o seguinte seria dali a uma hora) e seguimos a Heide e Hamburg. Era chegada a hora de usar o celular. Chegamos às 23:39 em casa.

Nenhum comentário: