segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

Noturnas

O trânsito tenso, o barulho e a movimentação foram me conduzindo ao obelisco. Vi as arquibancadas que tinham sido montadas de dia cheias de gente e ouvi alguém falando sem cessar no microfone. Não identifiquei palco, telão ou outro centralizador das atenções. Entendi que a atração eram carros de corrida muito barulhentos.
Achei perigoso a multidão tão perto de carros de corrida se exibindo em alta velocidade e fui embora, dormir, porque o dia tinha sido longo.

Nenhum comentário: