sábado, 3 de dezembro de 2011

Fui pra Chapada

No último dia do concurso, assinei uma pilha de relatórios, atas, comunicados e resultados. Depois dessa tarefa de assinar sempre o mesmo nome, mas com traços ligeiramente diferentes, eu estava liberada. Laudino tinha aula, Denize os compromissos dela. Cheguei no hotel antes das 10:00 e perguntei como fazia pra ir na Chapada dos Guimarães. Disseram que taxista levava. Como eu não tinha o dia todo, preferi ir de táxi do que esperar por ônibus.

Combinei preço com o taxista que disse que estava só esperando o carro chegar. Cinco minutos depois, o taxista me disse que o taxista que estava rodando com o táxi dele demoraria mais 15 minutos. O cara do hotel se surpreendeu ao me ver sentada esperando no saguão e resolveu chamar outro taxista. Me alarmei.

- Se chamar outro, peço que não seja o Júnior, porque ele só fala inglês comigo e eu não gostei disso.
- Mas é justamente o Júnior que está demorando a chegar e ia levar a senhora. Então é bom mesmo eu chamar outro. Vou chamar o Gilmar, que é gente fina.

Gilmar de fato me pareceu um taxista deslocado. Foi um ótimo guia turístico, um sujeito que frequenta a Chapada desde menino, que conhece as trilhas de moto, as cachoeiras, os mirantes, as estórias e a história do lugar. Além disso, reclamava muito da Secretaria de Turismo que tinha fechado vários atrativos, que tinha abandonado o Parque, que deixava ao deus-dará a "Meca do Ecoturismo".

O passeio foi só de quatro horas e foi completamente avesso ao meu modo de conhecer os lugares, mas valeu muito a pena. Pena que eu não tinha máquina fotográfica para registrar as formações rochosas, as cachoeiras que se desfazem na queda, a vegetação que não estou acostumada a ver, as serras margenado o caldeirão em que se insere Cuiabá.

Um comentário:

Ma disse...

uau!! Legal você ter ido para conhecer a Chapada! é, de fato, um lugar muito lindo e especial. Você precisa ir lá outra hora com mais tempo. Pode se hospedar na casa de retiros dos luteranos e dizer para a Lucilda que és a minha filha. Ela vai adorar e cuidar bem de você.
Ma