sábado, 12 de março de 2011

Procurando casa

É espantoso que eu esteja me mudando pra terceira casa em menos de dois anos. A primeira alagava, a segunda tem goteira. A terceira (?) será uma nova aventura.

Meu drama era decidir se comprava uma casa (...) ou se continuava alugando. Havia bons motivos para cada decisão e torcida contra cada opção. Fui na imobiliária. Pedi a chave de uma casa pra alugar, desci as escadas e fui no setor de vendas, fazer uma simulação de financiamento. Descobri que há limites pra devaneios. O financiamento de 30 anos (!!!) cobriria apenas dois terços do valor inflacionado da casa que eu tinha em vista. Fui na casa pra alugar e me encantei com o jardim.

É mais longe, me perdi pra sair do bairro, o aluguel é mais caro, mas tem carambola, jambo, abacate, mamão, banana, goiaba, pitanga, manga e 3 tipos de pimenta. Quando liguei na imobiliária anunciando o meu interesse, Iza me disse que a proprietária da casa de madeira que habito estava atrás de mim. Liguei pra ela e marcamos uma visita do arquiteto que vai medir o terreno aqui. Vão derrubar mesmo.

5 comentários:

Phil disse...

Ô, e a casa?

iglou disse...

Ééééh... droga, não consigo resonder com tantas vogais como eu queria: uuuuh.

Segundo a Iza, tá garantida. Resta saber se consigo coordenar o aluguel dessa com o daquela e não pagar dois ao mesmo tempo.

Phil disse...

Não, a pergunta é se ela está num bom estado! Porque nao adianta ok jardim ser super massa, e a casa caíndo aos pedaços...

Phil disse...

E a julia gibt zu bedenken: quando chove, alaga?
nicht das es nacher genau die selbe scheiße ist wie beim ersten haus!

Abraços!

Phil.

iglou disse...

Até um primata aprende com os erros, pô. Tu acha que eu - que sou a pessoa mais traumatizada com água de chuva tropical que eu conheço - não perguntaria se a casa alaga?
O moço que está morando lá agora me disse que não alaga. Na verdade, estranhou a minha pergunta e não conseguiu imaginar uma casa alagada.

Desconfio que uma casa de madeira seja mais esquema na Amazônia que uma casa de alvenaria - por causa da umidade e mofo. Enfim, não vou achar uma casa tão legal (piso de madeira, pé-direito alto, olimpíadas de morcegos no forro toda noite) como essa da Vila fora da Vila da Eletronorte.

E eu não preciso atravessar a cidade toda pra ir ao trabalho, estou mais perto do comércio e tem grades nas portas e janelas.

Relax.