sexta-feira, 27 de agosto de 2010

E os bons costumes

Teve reunião da equipe juntada, misturada e aglomerada que está envolvida na organização da Semana de Humanidades na Unir. Como o campus continua interditado, as pessoas se reuniram no auditório da Reitoria (é, com R maísculo mesmo, pra impor grandiosidade) que fica no centro.

Cheguei de bicicleta, entrei e saí algumas vezes, e quando entrei acompanhada de um professor de Arqueologia, ele me disse que numa ocasião anterior tinha sido mandado pra casa, trocar de roupa, porque na Reitoria (imponente, esse R) não se podia entrar de bermuda. Dei risada e achei um absurdo regularem a roupa das pessoas num prédio da universidade. Duvido que minissaia seja um problema. Bermuda é que é.

Entrou um moço de bermuda. Seguindo o aluno até o palco do auditório, vinha a recepcionista, dizendo que era pro rapaz voltar pra casa e trocar de roupa, que na Reitoria não podia, que tava escrito lá, que ela tinha mandado um moço pra casa no dia anterior e que esse moço tava lá naquele dia e que ia pegar mal pra ela se o moço visse o rapaz de bermuda. O menino disse que morava longe e que não sairia do auditório, afinal a pilha de pastas era grande.

Assisti à cena na maior tranquilidade, em pé atrás da mesa, passando fios por buraquinhos de crachá e enfiando papéis em pastas. Logo depois que a mulher voltou à recepção, chegaram mais meninos de bermuda - e bufando. Paulo olhou pras minhas pernas e se indignou: Como você conseguiu entrar aqui? Talvez o problema não seja a bermuda em si, mas a triangulação bermuda + aluno + homem.

2 comentários:

Matias disse...

Ainda mais em terras amazônicas essa cena é ridícula. Vivi a mesma coisa aqui na prefeitura de São Paulo onde não pude participar de uma reunião. Tá, erro primário, mas dá uma puta raiva ser impedido de entrar num local por esse motivo esdruchulo.
bj.

Anônimo disse...

Me parece que aquele 'bom costume' foi criado na época em que as pernas masculinas eram cabeludas (= feias)e ainda se escrevia "esdrúxulo" em vez de esdruchulo :-)