quarta-feira, 28 de julho de 2010

As nóias da metrópole

Fui visitar o Fernando, que mora pertinho do metrô Sacomã. As portas anti-suicídio me pegaram de surpresa.

* * *

Esperando o trem chegar na estação Jurubatuba, ouço uma voz masculina saindo dos alto-falantes: "Senhores passageiros, carreguem seus pertences perto do corpo, à frente de si, protegendo-os com o braço". Táticas de guerrilha.

* * * 

Na estação Barra Funda tem dois outdoors enormes: "Onde está o seu celular agora?" e "Onde está a sua bolsa agora?" E isso que tem pares de policiais em guarda a cada vinte passos.

Nenhum comentário: