segunda-feira, 3 de maio de 2010

Até na chuva?

Desligue o despertador às 7:30 e olhe pra fora da janela. Céu cinza. Levanta dessa cama, que hoje é dia de pedalar 19 quilômetros. Tá, já deu, levanta agora!

Banheiro, cozinha, janela. Tá chovendo. Vai de bicicleta mesmo? Claro que sim, já tá de roupa apertada e sandália com furinhos. 

Louça, comida da Akari, junta as coisas pra colocar no alforje. Seria uma boa trocar as lentes dos óculos, né? Pra quê que cê tem as lentes transparentes, se nunca usa? Chuva no olho não é legal.

Tudo pronto. Vai molhar. Não, tem a capa. Ainda não usou a capa em Porto Velho, né? Então vai lá, achar a capa. 

Tranca a casa e dá tchau pra gata que mia pra chuva forte. Isso, vai devagar. Acende a luzinha piscante atrás e vai com calma. 

Viu, nem foi tão ruim. Foi até bom pedalar na chuva, sentir a capa ventando, a água no rosto e a atenção dos motoristas. Não vai pela lama, não. Desce da bicicleta e empurra ao longo da passarela até o bloco dos departamentos. Tira a capa, os alforjes e troca de roupa. Viu? Nem precisou de toalha de rosto. A toalhinha de 10 por 30 cm com o teu nome bordado em cima deu conta do recado. Que bom que essa toalha se fez útil.

Pode rir de todos que te dizem que estão com sono e tédio nesse dia de chuva. A tua vida é uma aventura, a deles não está sendo.

Entre na sala de aula. Interprete a exclamação de 'oh!' dos alunos. É o cabelo curto! Responda a todas as perguntas sobre como você veio pra Unir sorrindo. Não discuta com a moça que planeja a compra de um carro pra você andar no conforto. Não diga a ela que pedalar na chuva não dá gripe na certa. Sorria e transmita a alegria de pedalar na chuva.

3 comentários:

Ulla disse...

Schön!! Habe gerade gestern überlegt ob ich mir ein neues Stadtfahrrad kaufen soll. Jetzt bin ich entschieden und gehe gleich los. Deine Geschichte hat gewirkt!
Abraços, Ulla

iglou disse...

Hahaha
Freut mich! Viel Spass!

bill disse...

Belo texto...

:D