domingo, 28 de fevereiro de 2010

O argumento que funciona

Eu tenho 3 bicicletas. Cada uma serve para um propósito diferente, com cada uma tenho uma relação diferente.

A Caloi 10 é de estrada, estilosa e veloz.
A Laranja Mecânica é mais igual às bicicletas daqui.
Amarilda é a melhor bicicleta do mundo e pronto.

Tenho saudades da Caloi 10 porque ela não está aqui. Está em São Paulo, acumulando poeira na casa de uma amiga. Essa amiga me escreveu recentemente sobre a bicicleta. Na onda de ano novo, casa nova, moradora nova, vida nova, achou que ela precisava dar um novo encaminhamento pra minha bicicleta dos pneus murchos:

Coisa parada não faz bem; a fila anda e o que fica parado pára no tempo.

Ofereceu de vender a bicicleta ou mandar pela transportadora. Eu já interpretei que ela queria jogar fora (!) a minha Caloi 10. Para garantir o status quo da minha bicicleta, argumentei que a Caloi 10 tinha sido do Luisão, portanto era semi-sagrada pra mim. O discurso mudou rapidinho: puxa, era do Luisão... então eu espero você vir pegar a sua bicicleta.

2 comentários:

Leonardo disse...

sempre quis ter uma caloi 10 hehe mas a Amarilda é o que? moutain bike? qual vc usa na cidade?

iglou disse...

A Amarilda é MTB, sim. Como tem marchas e o terreno aqui é ondulado, não plano, vou com ela pra Unir, a 9,57 km de casa.

A Laranja Mecânica é uma Barra Forte, não tem marcha e tem cesta na frente e atrás, portanto é usada na cidade (principalmente pra compras).