sábado, 19 de setembro de 2009

Colheram açaí

Vieram antes de eu tomar café da manhã e subiram nos pés de açaí. Mostrei as marcas de cupim na casca do caule e indiquei as marcas de queimada na base das palmeiras, mas os dois homens não se deixaram intimidar. O açaí é forte, a gente não vai cair. Um saco de farinha torcido e com as pontas amarradas serviu de instrumento para subir no açaí. Passaram a alça pelos pés e pronto. Para o alto e avante!
Um subia com o facão, cortava um cacho (ou dois) e descia escorregando, segurando o(s) cacho(s) na mão. Quando chegava no muro, o outro lhe vinha ao encontro e lhe tirava o(s) cacho(s) da mão.
Pro açaí soltar do cacho, batiam o cacho numa lona. Açaí verde não solta assim, o que é bom, porque aí não mistura com os maduros. Açaí verde "tranca" boca.  
Olha quantos cachos eles tiraram de lá de cima. Em duas semanas voltarão, pra pegar mais.
Esse saco de farinha de 50kg me rendeu R$ 25,-. Parte desse valor me foi pago em litros de açaí batido. Perguntei com o que se come o açaí, e me recomendaram farinha de tapioca. São bolinhas feitas de goma de tapioca. Estou me entrosando com a culinária local.

2 comentários:

Juliana disse...

Nooossssa quanto açaí!
Fico imaginando na tigela hehe

Karin und Walter disse...

Toll! Jetzt wirst du auch noch Açaí-Händlerin! Sie sollen sehr viele Vitamine haben und supergesund sein. Du kannst auch Eis davon machen. Einfach den Saft mit Sojamilch und Zucker verschlagen und in die Eisbehälter füllen?? Vielleicht schmeckt es ja!