sexta-feira, 7 de agosto de 2009

Ciclos predatórios

Margem do Rio Madeira.
Agora tem mirante no Mirante I. Antes não tinha.
O primeiro grande ciclo de exploração predatória e desenfreada de recursos naturais abundantes foi o do látex. Depois veio a exploração do ouro que tinha no Rio Madeira. Dizem que ainda tem, mas que não pode mais explorar. O ciclo que se inicia agora é o da usina. Não dá pra ver na foto, mas ali, depois da curva, está sendo construída a usina hidrelétrica. Quando vim aqui em fevereiro, não dava pra ver nada. Agora já dá pra intuir uma obra faraônica.
O peixe mais apreciado aqui é o Dourado. Peixe grande da carne branca. Uma usina interfere no fluxo da água e do lodo de um rio. A água vira uma piscina de transparente, os peixes grandes acham suas presas facilmente e proliferam que é uma beleza. Até que os peixes grandes ficam sem ter o que comer e o equilíbrio despenca pra cabos elétricos, ar condicionado, asfalto, plástico e isopor. Do jeitinho que Mamãe Natureza sempre imaginou uma vida confortável.

Nenhum comentário: