sábado, 27 de junho de 2009

Ponto de referência

Minha máquina fotográfica não faz mais fotos boas com luz natural. A luz fica estourada:

Quis levá-la pruma assistência técnica da Canon e olhei na internet onde tem esse tipo de serviço. Achei dois endereços, que eu anotei, juntamente com os números de telefone. Liguei na assistência da Consolação, mas ninguém atendeu. Liguei na de Pinheiros e perguntei se os caras consertavam a minha máquina.

Traz aqui.
Tá. O endereço é Avenida Rebouças, mas é mais perto da Paulista ou da Marginal?
Vixe, não sei. É no finzinho da Rebouças.
Imaginei, porque o número tem 4 dígitos. Mas onde é o fim da Rebouças? O trem é perto daí?
É aqui do lado.

Saí de casa sem o papel em que eu tinha anotado o endereço. Eu lembrava que era na Rebouças, número 39xx, e tinha uma informação adicional sobre um andar, mas já não lembrava se era 1° andar ou 1° subsolo. Eu vou achar, relax.

Desci do trem e entrei na Eusébio Matoso, convencida de que aquela era a Rebouças. Caminhei um tantão ao longo do Shopping Eldorado e além, sempre verificando as placas que me insistiam que aquela era a Eusébio, não a Rebouças. Mas é aqui! Nunca caminhei aqui, sempre passei de carro ou ônibus, e de repente tudo ficou tão longe e não tem placa anunciando a Rebouças. É, já aprendi que quando se está perdido de bike as placas demoram mais a aparecer que quando se está de carro. Uma questão de velocidade. Agora estava de pé2.

Cheguei na Rebouças e saquei que eu tinha dado uma putz volta. Voltei pela Rebouças, caminhando pela calçada arborizada, até chegar na Marginal. Nada deste lado da rua se parecia com um estabelecimento que tem uma assistência técnica da Canon no 1° andar ou subsolo. Do lado de lá tem o Shopping Eldorado. Se fosse lá dentro, teriam mencionado o shopping no endereço ou pelo telefone, não?


Conversei com um guarda. Com toda a segurança, apontou para o shopping e disse que na mesma loja, no 1° subsolo, tinha assistência técnica da Canon, Sony e outras marcas de máquina. Agradeci quase comovida (como o guarda sabe disso tudo?) e atravessei a rua.

Puxa vida, os caras têm um putz ponto de referência pra ajudar a pessoa a se localizar, e não o mencionam!

Nenhum comentário: