sexta-feira, 13 de março de 2009

Descombinados

Aconteceu faz tempo. Olga tava viajando e eu cheguei na casa dela de madrugada, sem a chave. Como eu sabia onde a chave estava dentro da casa, quebrei a janela. Me espantou que os vizinhos não reagiram aos sons de vidro quebrando. Entrei na casa.

No dia seguinte terminei de quebrar o vidro, tirei as medidas (não tinha fita métrica, mas muito material de tricô) e fui na loja de material de construção. Pedi um pedaço de vidro. O vendedor perguntou se era liso ou canelado. Mostrou o canelado e lembrei que correspondia ao virdo que já estava na janela da Olga. Perguntou se as canaletas eram horizontais ou verticais e minha memória evocou as janelas da minha república em Barão. Pediu as medidas e eu tirei dois fios de lã de bolso. O homem riu de mim.

Voltei pra casa e instalei o vidro no vão. Acho que a janela ficou charmosa. O importante é que a Olga achou graça e não ficou brava comigo.

Fui na bicicletaria de periferia da zona sul de São Paulo. Perguntei se ele tinha o mesmo tipo de raio, ele disse que sim, e que custava R$ 50,- instalado. Um raio não pode custar tudo isso. Não! O jogo, porque eu não posso te vender só um raio preto: tem que ser o jogo. Lembrei da janela da Olga e pedi que instalasse um raio de R$ 0,30.

6 comentários:

Anônimo disse...

Oi Lou.
O mais importante é que ele seja de inox. Geralmente 0,50 a unidade. Se continuar quebrando o ideal é trocar todos. Pra quem usa alforge é melhor uma roda com cruzamento por quatro ( só para rodas de 36 , como parace que é na foto ). Ela fica mais pesada e dura, mas pro " turismo !? " é o único jeito.
Posso te indicar um "artista" aí na zona sul.
A amarelinha merece.

iglou disse...

Oi, Anônimo
Não é inox...
Me indica o artista na zona sul?

Anônimo disse...

Então,
aproveita e pede pra ele dar uma "olhada" geral em pequenos detalhes que fazem toda a diferença: extirpar os tubinhos dos cabos e verificar o comrimento dos conduítes ( parecem maiores do que deveriam ).
O artista é o Luciano da Bike Time na Luís Gois. E fala pra ele caprichar, pois quem recomendou já trampou com ele.
Boa sorte
Ivan.

iglou disse...

Muito, muito obrigada!!!

Anônimo disse...

Depois te conto como mudar de estrada quando passa pelo Pico do Jaraguá, mas pelo jeito você não fará esse trajeto tão cedo.
Qualquer dúvida sobre qualquer bike, é só postar uma foto chapada que eu fico louco pra comentar.
Boas pedaladas.
Valeu!!!

Mazu disse...

Ei, não fica bem mais divertido misturado?