domingo, 1 de fevereiro de 2009

Didiridum

Os meninos fizeram um didiridum (faça o exercício mental de cruzar um berrante de bambu com aquele instrumento longo que os aborígenes australianos sopram). Simples: arrombaram um bambu por dentro com uma vara de ferro, revestiram a boca com cera de abelha e pronto.
Régis ensinou a tocar o instrumento posicionando três quartos dos lábios na boca do didiridum. Ele, que já treinou bastante, consegue soprar aquele som grave pela boca e respirar pelo nariz, sem que uma atividade atrapalhe a outra. O som do berrante dele é mais grave que o do Sales, sendo tocado pelo Renato na foto acima.

Nenhum comentário: