quinta-feira, 23 de outubro de 2008

Literatura

Foi só em Londrina que eu voltei a ler textos não-acadêmicos. Fazia um mês, mais ou menos, que eu acordava e ia dormir com textos sobre coisas que poderiam cair no concurso. Peguei o "A arte de produzir efeito sem causa", do Lourenço Mutarelli e só larguei quando comecei a ficar verde, com dor de barriga e enxaqueca. Pra fugir do tom pesado e trágico que arrasta o personagem principal do romance pra loucura, decidi apelar pros quadrinhos.

Nunca tinha ouvido falar, tava no plástico e não podia abrir na livraria do shopping (até onde eu caminhei em uma hora). Resolvi comprar mesmo assim.
Com o espírito mais leve, consegui encarar o trágico fim do romance. Salman Rushdie agora, nem pensar. Acho que vou voltar a ler sobre o Universo. É mais seguro e produtivo.

4 comentários:

Natalie Rios disse...

vou torcer por ti!
E bem vinda ao mundo outra vez!
ah, vou comprar uma bike very soon, e vou precisar de sua ajuda!

iglou disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
iglou disse...

Cê tá me convidando pra almoçar, né? Espero que nos encontremos, pois tenho um congresso em Porto Alegre na agenda.

Natalie Rios disse...

hahaha!
Boa almoçar sim!
Mas eu não sei ainda quando estarei em barão, se nos inícios ou fins de dezembro!
Ainda moro em Tefé-AM.
Tá muito louca esta questão dos espaços este ano em minha vida!