segunda-feira, 2 de junho de 2008

Manual sustentável

Aconteceu aqui em Campinas um evento chamado Sustentar, que pretende discutir sobre formas de desenvolvimento sustentável. Não fui a nenhum projeto, mas o Junior foi, e voltou trazendo muitas informações e material.
Um dos materiais era um manual de etiqueta de uma organização chamada Planeta sustentável com 33 dicas de como enfrentar o aquecimento global e outros desafios da atualidade.

A dica que mais me impressionou foi a dica 31:

Conscientize seus filhos dos problemas com o aquecimento global sem fazer terrorismo. A idéia não é deixá-los sem esperança, mas bem informados e dispostos a cuidar melhor do planeta que as gerações passadas.

Caramba. E quem ainda não tem filhos? Melhor não tê-los, pra poupá-los do trabalho de salvar o mundo? Será que o mundo tem salvação? Toda vez que eu vou ao supermercado, eu sou a única pessoa que recusa as sacolas plásticas. O número de ciclistas em Barão Geraldo pode até ter aumentado, mas os congestionamentos em São Paulo estão aumentando exponencialmente. No bandejão tem muita gente trazendo a sua caneca de plástico, mas os copinhos de plástico estão em todos os outros lugares onde há um filtro ou garrafão de água. Num dos 3 bancos em que tenho conta, não consigo ver o saldo da conta na tela do caixa eletrônico. A máquina imprime um papel. Precisa mesmo usar detergente pra toda a louça lavada? Precisa mesmo deixar o aquecedor do banheiro ligado o dia todo, pra não sentir frio na hora de tirar a roupa, antes de tomar banho? Precisa mesmo passar todas as noites na frente da TV ligada?

Estamos muito habituados a certos confortos, pra sermos capazes de mudar nossas atitudes. Estamos muito acomodados pra contribuirmos pra preservação do planeta. O futuro a gente faz agora, mas bateu uma preguiça... tá bom, eu vou já, já.

Nenhum comentário: